A Princesinha do Folk


Lembro de uma vez ter lido no e-zine Armênios sobre a quantidade excessiva de bandas brasileiras que seguem a tendência britânica de fazer o rock e esquecem que a raíz do ritmo vem dos Estados Unidos. Para corrobar a sua tese, o autor do texto cita o fato de existirem poucas bandas que tocam o folk por aqui, música típica norte-americana eternizada pela belíssima voz rouca e sincera do grande Bob Dylan.

Pois é, saindo de toda essa tendência do rock tocado por aqui e fugindo da mesmice samba/eletrônico das novas cantoras brasileiras, Mallu Magalhães (foto), de apenas 15 anos e de uma voz tocante e "fofa", vem chamando a atenção da mídia e da crítica com um folk-a-bily ou folk-roll, definições dada pela própria cantora em entrevista para TV Cultura, muito bem tocado e interpretado. A garota demonstra maturidade ao compor e cantar as suas músicas em inglês, e uma baita criatividade na composição das músicas e na escolha do ritmo.

A menina é atualmente fenômeno no Myspace e nos blogues da vida e toda esse hype lhe rendeu, pelo que soube, uma matéria que sairá na próxima Rolling Stones. Fiz essa belíssima descoberta ao passar no blog de Pedro Dória e conferir esse quote do jornalista Rodrigo Levino sobre o talento fora do comum da cantorazinha. "(...)Depois me rendi por afeição à sua música. Mallu canta e compõe folk, de violão e gaita em punho e é fruto dessa geração que aprende a navegar na internet antes de sair para ver o sol. Não precisou revisitar Cartola nem Nelson Sargento, ela gosta é de Bob Dylan, Johnny Cash e Moldy Peaches. (...)"

Vale a pena conferir o som da menina.

0 comentários:

top