Fraude em concurso do FestNatal

O FestNatal estava realizando um concurso, via internet, do melhor apresentador de telejornais aqui do Estado. Um amigo meu, Thiago César, é apresentador de um programa na TV União e por não ser um programa lá de grande audiência e ele ser um mero estudante de jornalismo, a foto dele nem o programa constavam na lista de votação. No entanto, podia-se votar em "outro", preenchendo o nome do candidato.

Alguns colegas da faculdade fizeram uma campanha dentro do curso mesmo entre os conhecidos de Thiago para votarem nele todos os dias. Resultado, nosso querido amigo ganhou a foto dele no site e começou a ficar em primeiro lugar nas votações. Todo mundo votava todo dia só para ver até aonde isso tinha que dar (só era permitido um voto por dia). O segundo colocado era Geider Henrique, apresentador da TV Cabugi, retransmissora da Globo aqui em Natal e, quando notaram que Geider estava perdendo para um simples aspirante a foca, começaram a enviar recados de um perfil fake para Thiago supondo que ele estaria usando métodos ilícitos para conseguir votos. Mas isso não existiu. O que acontecia era que vivíamos no site votando no nosso nobre amigo. De repente, de um dia para o outro (eu votava e acompanhava os resultados diariamente), Geider conseguiu 200 votos, tirando a diferença de votos de Thiago e abrindo mais 100 de vantagem. O apresentador poderia estar muito bem fazendo campanha em prol dele, ou não.

Acontece que ontem a assessoria do FestNatal divulgou nota dizendo estar cancelado o concurso por suspeita de fraude e informando ainda que alguns apresentadores teriam se retirado oficialmente por conta disso.

Muito estranho, só espero que não pensem que Thiago usou de fraude para conseguir seus votos porque eu e mais um monte de gente do curso de Comunicação da UFRN votavamos diariamente nele. E muito estranho também essa ânsia de Geider de ganhar um concurso que para ele não terá significado nenhum além de um troféu em casa e uma foto no jornal.

0 comentários:

top