Hiato criativo

O hiato criativo ficou famoso depois que Los Hermanos se referiram a ele como motivo da sua separação, para tristeza de muitos fãs e alegria de outras pessoas. Eu, pessoalmente, achei bom terminarem (ou se dedicarem a outros projetos, como reza o eufemismo musical) . Eu gostava de Los Hermanos, mas eles já deram o que tinha que dar e o projeto novo do Amarante com o músico Devendra Banhart parece ser interessante.

Enfim, voltando o hiato criativo. Googloando essa palavra, ou melhor, essas duas palavras, nota-se que muitos posts em muitos blogs são sobre esse determinado assunto. Inclusive, um blog é batizado com esse nome. Hiato criativo. O termo hiato é classificação gramatical que tem o seu oposto o ditongo. O hiato, para quem não se recorda das aulas de gramática do ensino fundamental, acontece quando, ao separar as sílabas de determinada palavra, duas vogais se separam. Canoa, por exemplo, é um hiato.

Eu não preciso definir criatividade aqui, porque imagino que o leitor desse blog sabe o significado dessa palavra. Mas criativo, no termo, hiato criativo, é uma qualificação. Funciona como um adjetivo. É um hiato, mas que é criativo. Hum, vejamos. Hiato é separação das vogais nas sílabas. Logo hiato criativo seria a separação criativa das vogais nas sílabas e não teria nada a ver com falta de inspiração algo que remeta a isso (ou teria e eu estou sendo chato?). Enfim, mas é uma boa junção de palavras, tem uma sonoridade legal e é o hype do momento para se referir a falta de criatividade.

E é exatamente isso que eu estou passando. Falta de criatividade para escrever no blog. Falta de assunto mesmo. E a pior coisa que existe é escrever sem tesão. As palavras não fluem e o texto acaba saindo uma merda. Quase como esse aqui. Espero que os meus poucos leitores compreendam.

Ah e existe até uma comunidade no orkut com esse nome.

0 comentários:

top