En Lo Que Sea


O Lo Que Sea, do espanhol o que seja ou, seja lá o que for? Enfim, depois de dezembro, Lo Que Sea, deixará de ser apenas uma expressão da língua dos nossos hermanos e passará a ser um (sic) coletivo de cinema, música e literatura com a organização de Michel Heberton, Rudá Almeirda, Tiago Lopes e Juliana Fernandes. Os quatro pretendem "despoluir" a música da cidade e criar público para um tipo de som mais experimental, com vistas a um festival, talvez daqui a 2 anos, como revelou um dos integrantes, Michel Heberton. E, para começar, nada melhor que uma festa, em um dos melhores salões de beleza glamour da cidade que transforma-se, a noite, em um simpático café, O Nalva Melo Café Salão, localizado na Duque de Caxias, 110, no centro histórico de Natal.

O evento vai acontecer no dia 15 de dezembro, a partir das 23h com discotecagens de música boa, WC-Sessions e exibições de vinhetas do coletivo. Antes de estar tudo certo para o evento, consegui uma pequena entrevista via borboleta com Michel na qual ele fala sobre o evento e o projeto futuro do coletivo.

rosk:
e vai rolar o que no dia?

Michel:
Rapaz, discotecagem de todos os gostos. WC sessions - fotos no banheiro, vai ter umas projeções, vinhetas do coletivo, gente bonita e pá.

rosk:
hmmm

rosk:
e a ideia é virar um festival mesmo?

Michel:
daqui há dois anos;.

rosk:
e ano que vem, quais são os planos?

Michel:
rapaz, produção de curtas, festas, pequenos shows, e quem sabe uma edicao da revista

rosk:
revista sobre musica e literatura?

Michel:
e cinema, e o que tivermos interesse de falar. somos livres bóe.

O Lo Que Sea é mais do que recomendado pelo blogdorosk. Entrada? 2 reais.

0 comentários:

top