Por Que Assistir O Passado?



Como postado abaixo, o longa argentino-brasileiro, O Passado, irá estrear no cinemas da terra do sol na próxima sexta-feira.

Vou enumerar alguns motivos que me fizeram aguardar ansiosamente o lançamento desse filme:

o 1º Motivo:

É dirigido por um dos melhores diretores brasileiros da atualidade. Hector Babenco. Apesar de ter nascido na argentina, é naturalizado brasileiro e foi o diretor de Carandiru. Além disso, na década de 80, em pleno descenso do cinema brasileiro, conseguiu uma indicação de melhor diretor com o filme O Beijo da Mulher Aranha.

2º Motivo:
Tem no elenco o melhor ator latino americano da atualidade. O mexicano Gael Garcia Bernal. Além disso, é o último trabalho cinematográfico de Paulo Autran, ator brasileiro que morreu recentemente.

3º Motivo:
Foi escolhido o melhor filme de uma das principais mostra competitiva de cinema do Brasil. A mostra de cinema de São Paulo.

4º Motivo:
O roteiro é adaptado do argentino Alan Pauls e conta a história de amor de uma separação. Rimini, personagem principal, separa-se de Sofia, depois de 12 anos de casamento. Sofia então passa a perseguir o seu ex-marido, que procura o amor em outras mulheres. Um tanto melancólico. O cenário? Buenos Aires e São Paulo.

5º Motivo:
Não há nenhum filme bom passando no cinema. A grande maioria (não vi todos), são os velhos enlatados norte-americanos de sempre.

6º Motivo:
Cinema brasileiro de qualidade deveria fazer todo mundo levantar a bunda da poltrona e deixar o controle da TV de lado para ir ver o trabalho.

7º Motivo:
Raramente um filme não americano bom estréia por aqui. Geralmente os não americanos que estreiam são os que fazem algum barulho no mercado cinematográfico. Mas nem todos não americanos que fazem barulho são bons. E nem todo filme brasileiro que estreia por aqui é bom. Não Por Acaso, por exemplo, do carioca Philippe Barcinski, mesmo com a distribuição da Globo Filmes e da Fox Filmes não chegou nem perto de estrear por essas terras. Resultado? Tive que baixar para assistir.

Enfim, se estes sete motivos não te fizerem ir ver o filme, o problema é seu que provavelmente perderá um filme muito bom. Amanhã estarei no cinema para conferir. Talvez eu escreva algo sobre o filme depois que vê-lo. Talvez não. Nunca se sabe né. Essas coisas dependem da inspiração e também do filme. Chega de lero-lero. Segue abaixo o trailler:

0 comentários:

top